in

Crítica “1917”- Um forte candidato ao Oscar!

O novo filme do diretor Sam Mendes traz personagens fortes que em meio a destruição e caos nunca perdem a esperança e seguem seus objetivos.

Forte candidato a levar alguns prêmios no Oscar 2020, “2017” tem 10 indicações na cerimonia desse ano, entre elas, para melhor filme, direção, trilha sonora e fotografia. E faz jus a todas elas, com uma trama tensa do início ao fim e com aspectos técnicos surpreendentes, que podem fazer a diferença nesse ano.

A história mostra dois soldados Schofield e Blake, interpretados respectivamente por George MacKay( Capitão fantástico) e Dean-Charles Chapman( Game of Thrones) que são soldados britânicos que são enviados para uma missão muito arriscada: correr contra o tempo, atravessando o território alemão e conseguir que seus aliados retornem e assim, abortar o ataque que fariam. Já que tudo não passa de uma grande armadilha.

Para completar, Blake( Chapman) tem um irmão tenente de um dos pelotões que está indo na direção dos alemães, o que lhe dá uma grande motivação para seguir sem pensar.

Resultado de imagem para 1917

    TEM CHANCES DE LEVAR ALGUM PRÊMIO NO OSCAR? 

O aspecto técnico do filme é impecável, a começar pela trilha sonora feita por Thomas Newman, onde o espectador consegue sentir todo o clima de tensão de uma forma bem natural e nada forçada, ao mesmo tempo em que o som musical que mistura aos barulhos do ambiente: bombas, tiros e faíscas, tudo é englobado de uma forma magnífica. É forte candidato nessa categoria.

E o que falar da fotografia? Roger Deakins é o responsável por nos mostrar deleites visuais espetaculares, com destaque para a cena na França, onde vemos a mistura de cores com o escuro do campo de batalha e o vermelho dos sinalizadores, que em um grande plano como a tela de cinema, se torna um dos visuais mais fantásticos dos últimos tempos. É, sem dúvidas, o merecedor de levar nessa categoria.

Resultado de imagem para 1917 fotografia

Sobre as demais categorias técnicas, como efeitos visuais e roteiro original, é também um forte candidato, assim como em direção de arte e maquiagem. Mas não entra como favorito, como nas categorias acima.

O diretor Sam Mendes que concorre a melhor diretor esse ano, que já ganhou o Oscar pelo filme Beleza Americana( 2000), consegue com muito louvor retratar toda essa história, que a princípio é bem simples, mas junto com um bom elenco de protagonistas, faz com que o público de fato, se apegue aos personagens, fazendo com que toda a jornada se torne ainda mais impactante e memorável.

E DE MELHOR FILME É O FORTE CANDIDATO?

O filme é uma obra completa, com um início que nos mostra logo de cara, sem enrolações, o que o filme irá nos proporcionar, além disso junte a planos sequencias que se destacam em vários momentos do longa, em momento nenhum você consegue sentir o corte nas imagens e cenas, passando a acompanhar os personagens em sequencia pelas trincheiras e pelo território alemão.

Resultado de imagem para 1917

Tem poucos momentos de respiro, e esses momentos aparecem em momentos onde você precisa relaxar depois de alguma cena inteiramente carregada de tensão e lágrimas. Tudo é bem alternado, assim como os diálogos entre os protagonistas, que nos ajudam a distrair no meio de todo aquele ambiente pesado de guerra.

Juntamente com Coringa e O Irlandês, é sim um dos candidatos mais próximos da estatueta. Mas claro, que em questão de Oscar, podemos esperar grandes surpresas.

E preste bem atenção nas participações especiais e bem rápidas de atores como Colin Firth( Kingsman), Mark Strong( Shazam) e Benedict Cumberbatch( Vingadores Ultimato), que são os superiores de cada pelotão por onde os protagonistas vão passando.

1917 consegue retratar muito bem o cenário de horror que envolve uma guerra, colocando dois jovens soldados de guerra no meio de uma das maiores batalhas de todos os tempos, e juntamente com o lado humano muito bem conduzido, se torna um dos filmes de guerra mais instigantes dos últimos tempos.

 

Deixe uma resposta