in

Crítica 365 Dias | Netflix Tenta ter seu próprio 50 Tons de Cinza, Deu Certo?

Popular na Netflix, o filme tenta embarcar em uma onda de sucesso que foi 50 tons de cinza com uma trama até repetitiva e cansativa

Figurando no Top 10 da Netflix a algum tempo, o longa polonês 365 dias( 365 days) está sendo bastante comentado recentemente por trazer um estilo de filme que lembra de certo modo a recente trilogia de sucesso entre as mulheres “50 tons de cinza”. Mas será que funciona?

Qual a trama de 365 Dias da Netflix?

Baseado no livro de Blanka Lipinska, 365 Days  segue a jovem Laura está de férias junto com seus amigos na Itália. Porém, tudo sai errado quando ela é sequestrada na Sicília por Massimo, o sequestrador, que é o jovem líder da máfia italiana.

Ele tenta fazer Laura se apaixonar por ele em 365 dias – por isso o nome do filme da Netflix. Anna-Maria Sieklucka vive Laura no filme da Netflix. O mafioso é interpretado por Michele Morrone.

O filme é basicamente uma cópia de 50 tons de cinza, com o protagonista perseguindo sua amada a todo custo para atingir seu objetivo, mas de uma forma um pouco mais explícita.

Após esses 365 dias, se ela se apaixonar por ele, poderá voltar a sua vida normal. Roteiro bizarro! Netflix está ficando expert nisso.

 

Vale a Pena assistir 365 Dias da Netflix?

Comparado a '50 Tons', '365 Dias' abusa de cenas de sexo para ...

365 dias peca em vários aspectos, daria para ficar horas debatendo o tão estranha é essa história que já é baseada em um livro também criticado.

O filme aborda o abuso explícito sobre uma mulher, o que sabemos que é basicamente uma trama baseada em eventos reais. A princípio, Laura se encanta pelas mordomias as quais é colocada, ganhando presentes caros, sendo levada a lugares chiques, mas tudo tem algo por trás. E algo terrível.

As abordagens abusivas do personagem chegam a incomodar, e para o público feminino pode se tornar uma experiencia nada agradável.

O filme poderia funcionar muito bem como uma crítica social, demonstrando bem o lado que acontece com homens que manipulam suas companheiras. Mas ao longo dos minutos, não é essa a mensagem que o longa dirigido por Barbara Białowąs traz de fato.

365 Dias consegue ser uma história ao mesmo tempo entendiante e que faz com que você mais se irrite vendo do que se divertindo, e o final dá uma deixa para uma provável sequencia que, provavelmente irá acontecer.

Apenas serve para romantizar um abuso sem servir como mensagem para essas mulheres que sofrem com manipuladores.

Nota: 3 de 10

Ficha técnica completa

Título365 Dni (Original)
Ano produção2020
Dirigido porBarbara Bialowas
Estreia
7 de Junho de 2020 ( Brasil )
Duração116 minutos
Classificação 18 – Não recomendado para menores de 18 anos
Gênero
Drama Romance
Países de Origem
Polônia

Sinopse

Laura (Anna Maria Sieklucka) comemora seu 29º aniversário com amigos na Sicília quando é sequestrada por Massimo Toricelli (Michele Morrone), ou “Don”, como é conhecido – o jovem e bonito chefe da máfia siciliana. Ele é obcecado pela moça desde que viu seu rosto anos antes durante uma experiência de quase-morte.

Ao levar a garota para seu cativeiro – sua gigantesca mansão – Massimo promete soltá-la após 365 dias, pois esse é período que ele precisa para fazer a teimosa Laura se apaixonar por ele.

Baseado no romance “365 Dni”, de Blanka Lipińska.

Deixe uma resposta