Crítica Escape Room 2 ( 2021)
in

Crítica Escape Room 2: Tensão Máxima- Tão RUIM, Quanto o Primeiro

Em 2019 lançou nos cinemas o longa de suspense/ terror “Escape Room”, onde víamos um grupo de pessoas que era colocada presa em um determinado local e tinham que arrumar um jeito de escapar de lá com vida. Parece algum filme que já assistiu, não acha?

As comparações com franquias como Jogos Mortais era iminente, mas tais comparações podem ir parando por aí.

O primeiro filme traz personagens completamente desinteressantes e uma tentativa de ser um longa de terror, e que não chega nem perto de um impacto que um Jogos Mortais traria ao espectador.

E a segunda parte traz a mesma premissa e mesmas conclusões irritantes de um roteiro preguiçoso e saturado.

Escape Room 2: Tensão Máxima Vale a Pena?

Escape Room 2: sobreviventes voltam para o jogo em novo trailer - TecMundo

Se a sua intenção é ir para o cinema se assustar e ter momentos de pura tensão, vá logo tirando seu cavalinho da chuva.

A trama mostra novamente um grupo de pessoas presas em um determinado local e tendo que decifrar os enigmas mais inexplicáveis para saírem de lá. E quando falo de enigmas inexplicáveis, são completamente absurdos mesmo.

Uma das cenas que comprova tudo isso é quando uma personagem que está resolvendo um desses enigmas dentro de uma espécie de banco, começa a ler uma dica que deram para o grupo presente. Tal dica continha aquelas frase sem sentido, no mesmo estilo de um Mestre dos Magos, dizendo ” O mundo dá voltas”, e assim os personagens deduzem da forma mais rápida e natural, de que bastava girar um compartimento de um cofre e partir para a dica seguinte.

Todas informações são jogadas em tela para os personagens um mais irritante do que o outro, assim como aconteceu no primeiro filme.

E a história só vai caminhando para mais conclusões sofríveis e o clima de tensão vai embora, dando lugar ao ódio em assistir tudo aquilo.

Um filme de suspense/ terror para um público mais adolescente dá nisso, o que poderia ajudar o longa poderiam ser as suas mortes e violência, mas nem isso contribui.

As mortes completamente ruins e sem graça tornam a experiência em assistir Escape Room 2: Tensão Máxima, uma tortura literalmente.

Quando você vê que o destaque são os produtores de Velozes e Furiosos e junto com atores horríveis, já dá para esperar.

Nota: 4,0 de 10,0

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *