mundo em caos poster
in ,

Paris Filmes divulga novos cartazes de “Mundo em Caos”

Novos cartazes de Mundo em Caos acabam de ser divulgados pela Paris Filmes, distribuidora do longa. Nas artes, cada ator aparece ao lado de uma frase enigmática que revela um pouco da personalidade de seu personagem.

Dirigido por Doug Liman, o mesmo de A Identidade Bourne (The Bourne Identity) e No Limite do Amanhã (Edge of Tomorrow), Mundo em Caos chega aos cinemas brasileiros em 11 março de 2021.

Tom Holland, que interpretou o mais recente Peter Parker em Homem Aranha, é Todd Hewitt. O jovem protagonista precisa controlar seus pensamos para salvar Viola, personagem vivida por Daisy Ridley, que já atuou em Star Wars, e é a única mulher em um mundo onde todas desapareceram.

Contra a dupla principal, vivendo um dos vilões do longa, está o personagem de Nick Jonas, da banda Jonas Brothers. O elenco principal ainda conta com atuação de Mads Mikkelsen, Cynthia Erivo e David Oyelowo.

Qual a trama do filme Mundo em Caos

Mundo em Caos conta sobre um mundo em um futuro próximo onde todas as mulheres somem e todos os homens se veem afetados pelo “ruído”, uma força que torna seus pensamos audíveis.

A jornada de Todd é para proteger Viola e deixá-la em segurança enquanto enfrentam obstáculos ainda maiores do que seus pensamos que podem ser ouvidos por todos.

O filme é baseado no romance best-seller Mundo em Caos (The Knife of Never Letting Go) de Patrick Ness e vendido no Brasil pela Editora Intrínseca. O livro ganhará uma nova edição com sobrecapa inspirada no cartaz oficial do filme.

Sobre a Paris Filmes

A Paris Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição e produção de filmes, destacando-se pela alta qualidade cinematográfica. Além de ter distribuído grandes sucessos mundiais como as sagas “Crepúsculo” e “Jogos Vorazes”, o premiado “O Lado Bom da Vida”, que rendeu o Globo de Ouro®️ e o Oscar®️ de Melhor Atriz a Jennifer Lawrence em 2013 e “Meia-Noite em Paris”, que fez no Brasil a maior bilheteria de um filme de Woody Allen, a distribuidora também possui em sua carteira os maiores sucessos do cinema nacional, como as franquias “De Pernas Pro Ar”, “Até Que a Sorte nos Separe” e “DPA – O Filme”. Nos últimos anos a empresa esteve à frente de importantes lançamentos como “John Wick”, “La La Land – Cantando Estações”, “A Cabana”, “Extraordinário”, “Nada a Perder” e “Turma da Mônica – Laços”. Para 2021, a companhia aposta em um line-up diversificado, que inclui títulos como “Mundo Em Caos”, “Marighella”, “Diários de Intercâmbio”, “Espiral – O Legado de Jogos Vorazes”, “Turma da Mônica – Lições”, “Detetives do Prédio Azul 3 – Uma Aventura no Fim do Mundo”, a sequência de “Dupla Explosiva”, entre outros.

Sobre a Intrínseca

Criada em dezembro de 2003, a Intrínseca se firmou entre as maiores editoras do Brasil ao publicar uma apurada seleção de livros, conjugando valor literário, alta qualidade gráfica e sucesso comercial. Com o lema “publicamos poucos e bons livros”, a editora consolidou um catálogo variado, marcado por grandes fenômenos editoriais, a exemplo do clássico A menina que roubava livros, do australiano Markus Zusak, que figurou no topo da lista de mais vendidos por mais de um ano. Outro destaque é a série Crepúsculo, de Stephenie Meyer, um best-seller instantâneo desde o lançamento de seu primeiro título, em abril de 2008, e que continua relevante. A Intrínseca também lança a obra de outros autores renomados, como Neil Gaiman, Jojo Moyes, Jenny Han, R.J. Palacio, Gillian Flynn, Celeste Ng, Elena Ferrante, Thomas Piketty, Stephen Hawking e Michael Pollan, além de nomes nacionais como Daniela Arbex, Miriam Leitão, Felipe Castilho, Nath Finanças, Isabela Freitas e Monica de Bolle. Para comemorar 15 anos de trajetória, em 2018 a editora deu início ao seu clube do livro, o intrínsecos, que envia todos os meses aos assinantes títulos inéditos no Brasil em edições exclusivas. Em 2020, junto com o jornalista e editor Roberto Feith, a Intrínseca criou o selo História Real, dedicado exclusivamente a livros nacionais de não ficção.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *